Jordi Sevilla regressa à LLYC como Diretor de Contexto Económico

LLYC
por
1 Setembro 2020

LLYC anunciou hoje a reincorporação de Jordi Sevilla como Senior Advisor e Diretor da Área Contexto Económico, cargo ocupado até à data por Román Escolano, que segue um novo rumo profissional enquanto Group Chief Risk Officer do Banco Europeu de Investimento.

Durante a sua primeira etapa na empresa (2016-2018), Jordi Sevilla integrou a equipa do escritório de Madrid com a pasta de Assuntos Públicos para desenvolver e coordenar uma nova área de especialidade, a de Contexto Económico; destinada a ajudar os clientes a entender melhor o que acontece no seu ambiente económico, antecipar o que pode acontecer e saber reagir frente a uma realidade cambiante, de forma a poderem tomar as melhores decisões para o seu negócio. Ao longo desses anos conseguiu dar um forte impulso à visibilidade da LLYC enquanto empresa na área económica, para além de a posicionar como empresa de referência enquanto fonte de informação nesta área.

Após a sua etapa na presidência da Red Eléctrica de España (REE) entre 2018 e 2020, Jordi Sevilla retoma a sua atividade na LLYC para continuar a desenvolver a Área Contexto Económico. Uma área que, nestes dois anos, foi liderada por Román Escolano e foi consolidando a LLYC enquanto empresa de referência nesta matéria.

Segundo Joan Navarro, sócio e vice-presidente de Assuntos Públicos, “foi um privilégio ter podido contar com Jordi e com Román para lançar e consolidar esta área específica de Contexto Económico que, em poucos anos, nos converteu num referente no âmbito da consultoria de informação económica. É para nós uma grande satisfação podermos voltar a beneficiar da experiência e dos conhecimentos excecionais de Jordi Sevilla, e agradecemos ao Román o extraordinário valor acrescentado que nos proporcionou, desejando-lhe o maior sucesso nesta nova etapa profissional”.

Dois referentes no âmbito político e económico espanhol das últimas décadas

Jordi Sevilla, com um percurso profissional de mais de vinte anos, é membro do Cuerpo Superior de Técnicos Comerciales y Economistas del Estado, tendo ocupado diversos cargos na Administração Pública. Foi chefe de gabinete do ministro de Economía y Hacienda entre 1993 e 1996. Posteriormente foi nomeado ministro de Administraciones Públicas (2004-2007), época durante a qual aprovou a Ley de Administración Electrónica y el Estatuto Básico del Empleado Público. Foi responsável pela equipa económica de Pedro Sánchez quando era candidato à Presidência do Governo. Por outro lado, foi deputado durante dez anos, porta-voz de economia no Congresso e Presidente de la Comisión del Cambio Climático. Em 2009 deixou o seu mandato de deputado para trabalhar durante seis anos como senior counselor da PwC, dando assessoria a empresas e administrações e dirigindo o projeto ‘España 2033’.

Román Escolano, conta com mais de vinte anos de carreira profissional, é economista e membro do Cuerpo Superior de Técnicos Comerciales y Economistas del Estado, desempenhou cargos na Administração Pública. Foi diretor do Departamento de Economia do gabinete do Presidente do Governo durante o mandato de José María Aznar, entre 2000 e 2004. Posteriormente, foi diretor de Relações Institucionais no banco BBVA (2005-2011), presidente del Instituto de Crédito Oficial (2012-2014) e vice-presidente no Banco Europeu de Investimento (BEI) (2014-2018). O seu último cargo, antes de integrar a LLYC em 2018, foi o de ministro de Economia, Indústria e Competitividade durante a governação de Mariano Rajoy.

Queremos colaborar consigo

Procura resolver um desafio?

Quer fazer parte da nossa equipa?

Quer que participemos no seu próximo evento?