Doenças Não Transmissíveis: como comunicar de forma eficaz para conter esta crescente epidemia

LLYC
por
17 janeiro 2023

A equipe global de Healthcare da LLYC lança a quarta publicação de sua plataforma What’s Up Health. Uma nova edição focada em como a comunicação, o marketing digital e os assuntos públicos podem ajudar a conter a crescente epidemia de Doenças Não Transmissíveis (DNTs) influenciando na mudança de hábitos da população.

Podemos afirmar que as Doenças Não Transmissíveis representam um grande desafio para qualquer sistema nacional de saúde. E que podem afetar a todos nós, independentemente da idade, sexo ou nível socioeconômico. Um exemplo claro disso, é que um terço das mortes por essas doenças ocorre em pessoas com menos de 70 anos.

Assim, nesta nova publicação, Alejandro Romero, Sócio e CEO Global da LLYC, e Javier Marín, Diretor Sênior de Healthcare da LLYC Américas, analisam se as atuais políticas e programas de ação são suficientes para conter o impacto negativo que as DNTs têm na qualidade de vida de milhões de pessoas e o custo que acarretam para os sistemas de saúde. Em seu relatório propõem ações, a partir da perspectiva da comunicação, do marketing digital e dos assuntos públicos, para deter esta epidemia e alcançar uma sociedade mais saudável.

Na mesma linha, Ana Lluch, Consultora Sênior de Healthcare da LLYC Américas, reflete sobre como usar a comunicação de forma eficaz para se conectar com um público de todas as idades. Uma conexão necessária para motivar uma mudança de comportamento em relação às Doenças Não Transmissíveis que reduza o risco de adoecê-las.

Por sua vez, o Dr. Ezequiel Forte, Diretor do Conselho de Cardiometabolismo da Sociedade Argentina de Cardiologia (SAC), se concentra na prevenção e na necessidade de promover uma profunda mudança cultural. E essa mudança requer todos os atores envolvidos: os governos e suas políticas de saúde pública, as campanhas de marketing, as organizações médicas, os próprios médicos, etc.

Não é para menos se tivermos em conta que, como nos detalha Emilio de Benito, Sênior Advisor da LLYC, as Doenças Não Transmissíveis, como as doenças cardíacas ou o câncer, são as que causam o maior número de mortes no mundo: 71% das mortes a nível mundial. E, de acordo com os dados mais recentes, essa tendência está se acelerando.

Descubra todos os artigos completos na nova publicação da plataforma What’s Up Health!

Queremos colaborar com você

Qual o seu desafio?

Quer fazer parte da nossa equipe?

Quer nossa participação no seu próximo evento?